21 de out de 2009

Tempo certo

Lendo Mateus cap.2, percebi a obediência de José a voz de Deus.
Sabe ele não questionou ou murmurou apenas obedeceu.
Algo que Deus me fez refletir é que até chegar o tempo de exercermos o nosso ministério teremos que enfrentar algumas grandes mudanças.

Jesus nasceu em Israel, o início de seu ministério seria lá. Mas... Ele foi levado para o Egito para só então retornar a Israel. Isso é tremendo, na verdade o Seu ministério começou com Seu nascimento, mas até começar a exercê-lo teve que passar por algumas experiências. Não deve ter sido fácil para Ele. Era apenas uma criança e tinha que enfrentar tantas mudanças.

OBS.1: Após o nascimento de Jesus, a instrução de Deus foi para que José se mudasse para o Egito.
Pensando nesta 1° viagem comecei a imaginar o quão difícil não deve ter sido. Com certeza não foi fácil, a final era o Egito NE?!
Eles tiveram que sair de uma zona aparentemente confortável para passar uma temporada no deserto.

OBS.2: Herodes morre, o anjo aparece no Egito e diz para José voltar para Israel.

O deserto não é um lugar para se morar. Existe um tempo determinado para ficar lá – O tempo de DEUS. E qdo o tempo dele chega podemos ouvir a sua voz nos chamando para sair.


OBS.3: José fica com medo. Vem outra instrução, desta vez ele foi para a Galiléia.

Vamos passar por situações difíceis, algumas vezes ficaremos sim com medo, mas se permanecermos firmes na nossa fé e conectados ao coração do Pai, Ele enviará o Seu socorro.


Conclusão que tirei:

"DEUS é Bom... Aleluia, Aleluia... DEUS é BOM"!!!

Eu posso até estar na terra em que fui chamada para exercer meu ministério, mas isso não significa que não terei que enfrentar o deserto. As dificuldades virão, o medo, incerteza.... Mas Deus Sempre estará comigo. Ele também é DEUS no deserto.E quanto o dia Dele chegar, ouvirei a Sua voz me chamando para sair do Egito.

Tudo o que passamos é para nos preparar para algo grande que Deus tem para nossas vidas.

Eu tenho a opção: Posso ficar me lamentando, enchendo a cabeça de Deus com meus "por quês", ou decidir aprender o que Ele quer me ensinar.

O meu ministério, a minha vida está nas mãos de DEUS é claro, mas existem coisas que Ele não vai fazer por mim. Eu presisarei decidir.
Decida vc também!!!

Ps.: Recebi esta palavra já tem algum tempo, mas só agora tive tempo para postar.

15 de set de 2009

Para o DONO do meu coração.

Eu te darei graças Senhor. Por todos os dias da minha vida, bendirei o Seu nome

Você é a minha força, meu lugar seguro.

É você quem torna o meu andar firme como de uma corça e me leva para as montanhas onde estarei segura.

Quando estou com medo, sei que posso confiar em Ti, o meu amado. Mesmo quando não sei que caminho seguir, vejo o Teu amor. Ele me guia e a Tua verdade me orienta. Em Teus braços encontro a segurança que homem algum nunca me dará.

E quando a incredulidade tenta me pegar dizendo que não há mais esperança para meus anseios, vejo os teus olhos se pôr sobre os meus. E o teu olhar me diz que não é hora de parar.

Que olhar mais terno;

Que sorriso mais doce;

Ah...como você é bondoso

Como você é carinhoso.

Você me ama... sim você me ama!!!

Posso contemplar este amor em Teus olhos e no Teu Sorriso.

Ouço a Sua voz me dizendo:

“Vem comigo que eu te ajudo”

Então digo: “Estou cansada demais para prosseguir.”

Em resposta ouço: “Te carregarei no colo noiva minha e a levarei para minhas águas. Lá brincaremos , só eu e você. Eu te renovarei, e a minha força se aperfeiçoara em você. Vem comigo?”

-Sim Jesus, eu irei.

Então posso ver Sua mão estendida, esperando apenas a minha ir ao seu encontro.

Não!Não há como duvidar do Seu amor por mim.

Você se importa comigo!

Para o mundo posso não ter nenhum valor, mas o que é o mundo diante da Tua grandeza e do Teu infinito amor?

O meu nome está gravado no seu coração e nenhuma quantidade de água pode apagar o Seu amor por mim, nem mesmo um rio pode afogá-lo.

Sei que jamais conseguirei retribuir o que por Ti consumado já está. Mas o meu melhor quero te dar.

O meu desejo é alegrar o Seu coração, simplesmente porque te amo.

Sim eu te amo!!! E quero a cada dia aprender a Te honrar.

Ponho a minha confiança em Ti e não terei medo, pois o Senhor é quem me faz viver em segurança.

Tu és a pulsação de tudo que eu faço. Eu não posso viver um dia sem Ti.

Não posso encarar minha vida amanhã sem Tua presença em meu coração.

Meu querido Jesus,

Meu Rei,

Meu Senhor...

Você é encantador!

Você é maravilhoso!

Você é o meu PRÍNCIPE...

O meu Príncipe da Paz!!!

29 de jun de 2009

A insatisfação leva a morte


A morte de Michael Jackson foi algo que chocou todo o mundo. Um homem jovem, talentoso, famoso, que tinha tudo aos olhos humanos para ser o cara mais feliz desta terra e viver por longos anos.
Assistindo a um programa de televisão, onde foi relatado todo o seu histórico de vida, Deus me levou a refletir sobre o que é a não aceitação e quais são as conseqüências que ela acarreta na vida de uma pessoa. Ao final do programa, esta foi a minha conclusão: A insatisfação leva a morte.
Meu objetivo aqui não é escrever nem discernir a respeito da vida e morte de Michael, mas apenas trazer para a nossa realidade (“pessoas comuns”), que as circunstâncias que o cercaram também cercam a muitos de nós.

Quantos somos insatisfeitos?... é o nariz que está precisando de um novo formato; o cabelo que de cacheado tem que passar a ser liso; o dinheiro que está curto; uma lipo aqui...uma lipo ali; até chegar ao absurdo de mudar a cor da pele.
A palavra de Deus diz: “Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua vida?” (Mc. 8: 36)
E esta é uma pergunta que está ecoando em meu ser. O que adianta correr atrás de fama, dinheiro, transformações estéticas, tentando preencher nossa insatisfação pessoal se o que realmente precisa ser transformado é o nosso interior?
Quero deixar claro que não sou contra a cirurgia plástica, dinheiro... Pelo contrário, acho sim que devemos nos cuidar e se uma plástica, por exemplo, irá contribuir para o nosso bem, amém! Mas a questão é: Qual a nossa motivação para tais atitudes?
O que Deus ministrou em meu coração é que nada disso adiantará enquanto o meu ser não for curado. E somente Ele tem a cura. Nada, Absolutamente NADA poderá me saciar, enquanto eu não buscar a Fonte certa - JESUS.
Não podemos esperar que o mundo nos aceite, mas devemos crer que Deus o nosso Pai, nosso CRIADOR, já nos aceitou.Nossa motivação não pode depender do que as pessoas pensam ao nosso respeito, mesmo que estas pessoas sejam nossos amigos, familiares e até mesmo nossos pais terrestres.

“Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti.” ( Isaías 49:15)

Agradar ao padrão humano é uma fonte insaciável e incerta, agradar a DEUS é uma fonte segura, pois Ele é o nosso criador e o Seu amor por nós NUNCA acabará. Para Ele, somos lindos, talentosos. Ele acredita em nós! Mesmo quando falhamos, Ele continua acreditando. Deus é o nosso maior incentivador!!! Aleluia!!!
A nossa identidade foi formada e programada em nossas mentes através das ordens naturais deste mundo. É por isso que Paulo diz em Rm. 12:2 – “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”
Precisamos ter mentes renovadas, e a renovação das nossas mentes não acontece naturalmente; não existe uma tecla “delete” automática que apaga a programação passada. Temos que conhecer a Palavra de DEUS de forma consciente para que possamos entender quem nós somos na perspectiva de Deus.

E quem nós somos?
“Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele. Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro.” (I Jo.3:1-3)

Não é o que fazemos que determina quem somos. É o que somos que determina o que fazemos.
“O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.” ( Filipenses 4:19)
Temos a tendência de pensar que são somente as nossas necessidades físicas que Jesus irá suprir, mas as necessidades críticas são as do “ser”, e estas são as mais maravilhosamente supridas em Cristo.
O mundo secular já identificou essas necessidades, mas é incapacitado para supri-las.
Em Cristo nossas emoções, rejeições, traumas, identidade são restauradas. Busquemos esta restauração e a promessa da vida em abundância que O Pai nos deixou, antes que a morte chegue a nossa porta. Saiamos do conformismo de uma vida mais ou menos para a plenitute da vida de Cristo em nós.

Cristo trás a nossa liberdade!!
ALELUIA!!!!

1 de jun de 2009

Tudo vem Dele.


"Os jovens se cansam e se fatigam, e os moços de exaustos caem,
mas os que esperam no SENHOR renovam as suas forças, sobem com asas
como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam."
-- Isaías 40:30-31


O que é a sua força? Sua juventude? …seu condicionamento? …sua
sabedoria? …seus amigos? ...sua experiência? Nenhum de nós pode
contar com a nossa habilidade humana. Saúde, sabedoria e riqueza
são todas vulneráveis à fragilidade da vida e circunstâncias.
Somente o Senhor pode assegurar que sobrevivamos o impensável,
prosperemos no mundano e voemos nos bons tempos. Invoquemos,
esperemos e dependamos do Senhor!


Senhor, obrigada por me sustentar nos tempos difíceis da minha
vida. Obrigada por me ajudar a voar, fazendo coisas para o Senhor
que nunca sonhei em poder realizar. Pai, obrigada por me abençoar
durante o cotidiano da minha vida. Dependo do Senhor para ser a
minha ajuda e força. Por cada boa coisa na minha vida, eu te
louvo e te agradeço. No nome de Jesus. Amém.





===============================================================

28 de mai de 2009

Não desista dos seus sonhos


Aqui, estou depois de um longo período sem postar.
Quero compartilhar algo que Deus ministrou ao meu coração. Sou uma pessoa cheia de sonhos e projetos que quero ver se realizando em minha vida. Mas ultimamente eu os estava abandonando. Estava deixando as coisas acontecerem, não que isso seja ruim, mas é que eu deixei de orar por estes sonhos e projetos. Comecei a pensar que se tivesse que ser seria.
Que engano!!
Mas glória a Deus que em Sua infinita sabedoria usa pequenas coisas para nos despertar. Ao ler uma simples frase, Deus me fez perceber que meus sonhos para Ele têm muito valor e maior valor ainda tem a minha oração para gerá-los.
Por isso quero compartilhar, pois sei que, talvez, não sou a única que tem enterrado sonhos e projetos.
A frase: “Não desista de seus sonhos”, ficou a ecoar em minha cabeça. Então percebi que sonhos não se abandonam até que Deus te direcione pra isso, vi também a necessidade que tinha de voltar. Voltar a clamar, a chorar, voltar a pagar o preço em oração até obter a resposta D’Ele.
Sabe, os problemas nos aproximam de Deus. É no vale que olhamos com mais intensidade para as alturas. É na crise que recorremos com mais pressa a Deus. É nessas horas que aprendemos a profunda lição que Deus adia os nossos sonhos para que o coloquemos em primeiro lugar em nossa vida. O Deus das bênçãos é melhor do que as bênçãos de deus. A intimidade de Deus é a maior necessidade da nossa vida. Estar com Deus é a maior prioridade da nossa agenda. Os problemas não vêm para nos afastar de Deus, mas para nos levar à presença divina. Eles não são permitidos por Deus para nos destruir, mas para gerar em nós dependência do Pai. Deus adia a realização dos nossos sonhos para nos manter perto Dele e nos ensinar que tudo, sem Ele, é nada.
Quando Samuel nasceu, Ana o viu como milagre de Deus. Ela sabia que a sua gravidez não havia sido normal. Samuel era fruto de uma intervenção sobrenatural e extraordinária de Deus em sua vida. Ana sabia que Samuel era fruto da resposta de suas orações. ( I sm 1.27)
“Por este menino orava eu; e o SENHOR atendeu à minha petição, que eu lhe tinha feito.”
O simples fato de estarmos vivos é um milagre de Deus, precisamos ter bem claro isso em nossa mente. Geralmente só enxergamos como milagres os fatos sobrenaturais de Deus, como a cura de uma doença grave por exemplo. Não vemos como ação maravilhosa de Deus o fato de sermos protegidos diariamente dos perigos das doenças contagiosas, vírus e bactérias que nos cercam. Não paramos para agradecer o fato de sairmos de casa todos os dias e voltarmos em segurança.
Ana devolveu para Deus o filho que recebeu. Ela fez o voto e cumpriu.Se não fosse o entendimento de que tudo é de Deus e deve ser consagrado de volta a Deus, Samuel teria sido o centro da vida de Ana.
O sonho ( vontade de Ana era muito pequeno. Suas aspirações não eram ousadas. Ela queria apenas ver o seu ventre transformando-se num cenário de vida. Ela só aspirava gerar uma criança, carregar no colo um filho e amamentá-lo.Mas, Deus não realizou o sonho (vontade) de Ana no seu tempo, porque tinha algo maior para fazer em sua vida. Os pensamentos de Deus são mais altos do que os nossos pensamentos. Os sonhos se Deus são maiores que os nossos. O sonho de Deus para Ana não era apenas que ela fosse mãe do maior profeta daquela geração. Samuel não seria um homem comum, mas aquele que traria o povo de Israel de volta para Deus. Ana chorava porque queria ver os seus sonhos (vontade) realizados, mas Deus os adiou porque almejava algo melhor para ela.
Quando pensamos que Deus está distante ou indiferente aos anseios mais profundos da nossa alma, quando achamos que Ele não se importa com a realização dos nossos sonhos, ele está trabalhando em nós e por nós, fazendo maravilhas maiores do que poderíamos imaginar.

6 de mar de 2009

Voltar ao primeiro amor

"Escreve ao anjo da igreja que está em Éfeso: Isto diz aquele que tem na sua destra as sete estrelas, que anda no meio dos sete castiçais de ouro: Conheço as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os que dizem ser apóstolos, e o não são, e tu os achaste mentirosos. E sofreste, e tens paciência; e trabalhaste pelo meu nome, e não te cansaste. Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor." (apocalipse 2:1-4)

Esta igreja foi exortada por Deus para que voltassem a prática das primeiras obras.

Características da Igreja de Éfeso:
•Odiava o mal;
•não tolerava o pecado;
•obedeciam as escrituras


Porém o amor a Deus não era mais tão fervoroso. Viviam fazendo a obra, mas apenas por rotina, costume.
Creio que Deus está nos chamando de volta ao 1° amor. Nos chamando para sairmos da religiosidade, para deixarmos de ficar satisfeitos com a posição onde estamos e com o que temos. Precisamos despertar e reivindicar o que há de melhor da parte de Deus.
Ouvir sobre Deus, obedecer às escrituras, estudar sobre Ele não é o bastante.
Muitas vezes agimos como a Igreja de Éfeso: pensamos que sabemos onde DEUS está. Pensamos que sabemos o que O agrada e estamos certos de que sabemos aquilo que O desagrada.
Mas existe uma voz persistente que diz: “Não estou perguntando o quanto você sabe ao meu respeito. Quero lhe perguntar: Vc realmente me conhece? Vc realmente me deseja?”
Podemos saber tudo sobre o Presidente da Republica, sobre pessoas famosas. Mas saber sobre eles não significa ter intimidade com eles, não significa que você os conheça.
“O mero conhecimento a respeito de uma pessoa não é o mesmo que uma amizade íntima”.
O inimigo tem nos feito acostumar com nossa vidinha, com o que já alcançamos e com as poucas experiências que já vivenciamos com o SENHOR.

A bíblia diz: (MT. 11:12)- Desde os dias de João Batista até agora o reino dos céus é tomado à força, e os que se esforçam, são os que o conquistam.

Se quisermos nos apoderar do reino de Deus, não podemos ter medo de parecermos radicais. Precisamos ficar desesperadamente famintos por DEUS.
Todas as pessoas do novo testamento que não ficaram com medo de se expor,que verdadeiramente abriram seu coração alcançaram algo de DEUS.
Precisamos compreender que o que nós temos e o que estamos fazendo é muito pequeno em comparação ao que DEUS quer fazer entre nós e através de nós.
“Não importa o que precisamos ou o que falte em nossa vida- o que realmente precisamos é de DEUS. E para tê-LO precisamos estar famintos.”
(MT.5:6)- Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos.

“Deus colocará os pedaços de nossa vida no lugar. Mas nossa fome é a chave de tudo”.
O objetivo de Deus sempre foi a intima comunhão com o homem.
O Senhor busca uma NOIVA, alguém que vá se envolver em intimidade e em comprometimento com ELE. Ele busca alguém que O ame incondicionalmente, além das circunstâncias.
“ Os que amam o senhor não avaliam seu relacionamento com ELE pela situação de sua vida financeira, emocional. Mas fazem suas as palavras de Paulo: ( At.20:24)- Porém não tenho a minha vida como coisa preciosa a mim mesmo, contanto que complete a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do Evangelho da graça de Deus.
Intimidade com o Senhor está ligada com quebrantamento. Deus está nos chamando, Ele quer que nos aproximemos. (I co. 15:31)- Declaro, irmãos, pelo regozijo que tenho a vosso respeito em Cristo Jesus nosso Senhor, que morro todos os dias.
O quebrantamento de nossos corações chama a atenção de DEUS.
DEUS disse á Igreja de Éfeso para que se lembrasse onde havia caído e voltasse ao primeiro amor.
(Ap.2:5)- Lembra-te, pois, donde caíste, arrepende-te e pratica as primeiras obras; de outra forma, venho a ti, e removerei o teu candeeiro do seu lugar, se não te arrependeres.
O mesmo ELE faz conosco hoje. Onde caímos? Onde desanimamos? O que nos fez esquecer este amor?
Hoje Ele está nos chamando de volta, só depende de nós.
Ele nos diz: - Filho é possível recomeçar, não importa onde você parou e nem o porquê, estou te esperando.Eu ainda desejo me relacionar com você. O meu amor por você jamais acabará.


É hora de corrermos de volta para os braços do nosso PAI!!

6 de fev de 2009

Buscando o caráter de Cristo

Gente... Deus é lindo!!!!
Não existe nada mais verdadeiro do que Sua Palavra.
Está escrito:
“Se você me chamar, eu responderei e lhe contarei coisas misteriosas e maravilhosas que você não conhece”. (Jr.33:3)
Com exemplos tão simples Ele nos ensina coisas grandes e ocultas.
Alguns meses atrás ouvi uma pregação sobre “O caráter de Cristo”. Naquele dia pude perceber que em mim, nada havia de Cristo, muito pelo contrário, eu me parecia com qualquer coisa menos com ELE.
Que decepção!!!
Percebi que ter o caráter de cristo não é tão fácil quanto eu imaginava. Entendi também que jamais conseguiria isso pela força do meu braço.
Então comecei a clamar, clamar e clamar... todos os dias.
Eu orava mais ou menos assim: “Deus eu não sei como, mas quero ser aperfeiçoada...
Quero parecer com Jesus...
Eu sei que, algumas vezes, isso vai doer, mas quero aprender.
Ensina – me...
Ajuda-me!”
Por alguns meses não obtive resposta alguma, mas hoje a resposta veio. Aleluia!!!!!

E essa reposta veio do Senhor trazendo-me o entendimento de que quando os primeiros discípulos escolheram seguir a Jesus, eles não compreendiam qual seria o peso de tal decisão. Simplesmente, atenderam o convite de Jesus. E Deus me disse que isso é tudo que eu preciso para começar: decidir tornar-me um discípulo.
Pediu-me para pensar em um bebê.



E com uma voz doce, começou a me ensinar.
Ao nascer, um bebê ainda não tem um caráter, ele pode ser até parecido com seu pai ou mãe fisicamente, mas é ao longo do tempo que o caráter vai ser formado. E é com o tempo que ele aprenderá o que é “certo” ou “errado”.
O bebê é totalmente dependente de seus pais, precisam deles para se alimentar, tomar banho... Até o dia que começa a dar os primeiros passinhos. A partir daí, já não quer ficar tanto tempo no colo, já não aceita tão facilmente que os pais coloquem o alimento em sua boca. E isso não é ruim, é necessário.
O que acontece é que à medida que essa criança cresce, muitas estruturas são formadas no seu interior, algumas boas outras ruins.
Alguns se tornam adultos irados, sem paciência, sem alegria e sem paz. Outros se tornam rebeldes, insubmissos e rancorosos. E ainda encontramos aqueles adultos que crescem fisicamente, mas recusam-se a crescer interiormente, tornando-se pessoas mimadas, egoístas, inseguras...
Eu me tornei uma adulta com algumas destas e outras péssimas características. Na verdade, dentro de nós, existe “maus frutos” que precisam ser eliminados, pois, se isso não ocorrer eles começarão a cheirar mal e todos ao nosso redor começaram a sentir.
Após recebermos a Cristo como nosso Senhor e Salvador somos batizados, ali o velho homem é morto e o novo homem nasce.
Mas será que realmente isso é uma realidade em nossas vidas? Será que após sairmos das águas nossas velhas atitudes mudam? E como são as nossas reações diante dos problemas?
Creio que alguns hão de concordar comigo que não é bem assim que acontece. Ser um “novo homem” não é algo instantâneo em nossas vidas.
A bíblia diz:“Nasce o novo homem”. Isso implica que volto a ser um bebê, espiritualmente falando. E um bebê não caminha com suas próprias pernas até estar preparado para isso.
Tenho percebido que apesar de alguns cristãos terem passado pelas águas ainda mantém a velha natureza. E isso pode ser observado quando ouvimos alguns discursos recorrentes: “Eu nasci assim, essa é minha natureza.
Isso é um engano de Satanás!!
Quando se nasce de novo, o velho homem morre e a natureza humana também tem que morrer. Então começa a ser formado em nós um novo caráter - o de Cristo. E assim como uma criança tem os seus pais para instruí-la e até mesmo interferir na formação de seu caráter, quando nos rendemos a Jesus, temos o Espírito Santo para nos ajudar na nossa caminhada rumo plenitude de sermos parecidos com Cristo.
É necessário entender que não podemos reproduzir o caráter de Cristo por nossos próprios esforços. Somente o Espírito Santo tem o poder de realizar as transformações que Deus deseja para nossa vida. As características de cristo não são produzidas por imitação, mas por habitação.
Todas as vezes que escolhemos Obedecer ao invés de pecar estamos desenvolvendo o caráter de Cristo.
Em Gálatas 5:22 está escrito: “Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança”.
Estas são as qualidades do caráter de cristo. Ter o fruto do Espírito em nossa vida é ser semelhante a Jesus. Assim como eu, você pode estar pensando neste exato momento, que ter todas estas características é totalmente impossível.
Mas Deus é cheio de sabedoria e bondade e Ele sempre soube que algum dia um de Seus filhinhos iria pensar desta forma. Mas Ele quer nos revelar coisas grandes e ocultas, não é mesmo? ?
Pensem comigo!!
Imaginem um fruto qualquer, agora pense que este mesmo fruto está pronto para ser consumido. Hum...
Mas nenhum fruto surge do nada. Antes de chegar á nossa mesa, foi necessário todo um processo antecedente. Primeiro uma semente teve que ser plantada, regada, cuidada. Depois esta semente começa a crescer e vai crescendo, crescendo... Até se tornar uma grande e forte árvore. Só então estará preparada para dar seus frutos deliciosos. Mas nenhum fruto se desenvolve rapidamente, é preciso esperar o processo do amadurecimento.
Assim somos nós. Primeiro Deus planta em nós a semente (Sua palavra), começa a regar e cuidar. Com isso, vamos crescendo e ficando fortes, até que chega o dia em que damos nossos primeiros frutos.
Entendi que Deus desenvolve o fruto do espírito em nós, permitindo que passemos por situações nas quais seremos tentados a exteriorizar uma característica exatamente oposta.
A forma que Ele nos ensina a amar, por exemplo, é pondo pessoas “desagradáveis” ao nosso redor. Deus nos ensina a verdadeira alegria por meio da aflição. Sabe por quê? Porque amar pessoas agradáveis e ser feliz quando não estamos aflitos, não exige nenhum caráter.
Aprendemos o que é Paz, quando optamos por confiar em Deus em situações adversas.
E a paciência??... Ahhhh... Ela só é cultivada em situações que somos obrigados a esperar.
Cada vez que derrotamos uma tentação, estamos nos tornando mais semelhantes a Jesus. Esta é a verdade!!!!!!!!!!!!

4 de jan de 2009

Para ser próspero, é necessário esquecer!!



Em Gênesis a partir do capítulo 37 podemos ver a linda e educativa história de um grande homem de DEUS. Seu nome?? JOSÉ.
Para quem nunca leu ou ouviu esta história (o q acho impossível), farei um breve resumo.

JOSÉ:
  • Filho preferido de Jacó;
  • Foi vendido por seus irmãos e levado ao Egito;
  • Foi preso após acusação injusta de uma mulher, depois de uma tentativa frustada de sedução por parte desta;
  • Na prisão, tornou-se conhecido como o intérprete de sonhos;
  • Tornou-se governador do Egito.

Por várias vezes li esta história e sempre a achei muito edificante, porém, hoje aprendi algo novo. Em apenas dois pequenos versículos Deus me ensinou um grande segredo para ser próspera, mesmo em tempos difíceis.

Em Gênesis 41: 51 e 52 está escrito:

Pôs no primeiro o nome de Manassés e explicou assim: “Deus me fez esquecer todos os meus sofrimentos e toda a família do meu pai.” Ao segundo, chamou-lhe Efraim, pois disse: Deus me fez próspero na terra da minha aflição.

José passou muitas lutas, foi traído por sua própria família,vendido como escravo, preso... mas também foi honrado por DEUS. José em nenhuma hora culpou a Deus pelo o que estava acontecendo em sua vida. E a bíblia diz em Gn.39: 2-3 que Deus estava com ele. E mesmo com tudo o que havia acontecido em sua vida, José conseguiu ver que Deus estava com ele.Então, depois do sofrimento Deus o abençoou com seu primeiro filho, o qual pôs o nome de MANASSÉS que significa: "Deus me fez esquecer".

Será que vocês podem imaginar a cena?? José olha para seu bebê e diz: seu nome será MANASSÉS, pois DEUS me fez esquecer.

Em outras palavras o que ele estava querendo dizer era: Não importa o que eu sofri, não importa se meus irmãos me rejeitaram, se fui preso, humilhado...O meu passado DEUS me fez ESQUECER!

Permitam que sua imaginação os leve mais além, muito mais além.
Pensem... imaginem... pensem...imaginem...aquela criança crescendo e desenvolvendo um relacionamento com o seu pai: José o educa, o aconselha, brinca, sorri... e o chama de Manassés. Todas as vezes que olha para seu primogênito, ele vê a manifestação da glória de DEUS em sua vida.
E para completar a Sua boa obra, na vida de José, o Senhor deu-lhe mais um filho – EFRAIM – “Deus me fez próspero na terra da minha aflição”.
O Senhor o prosperou, mas para que isso ocorresse primeiro foi necessário que DEUS o fizesse esquecer as dores de seu passado. Por isso, Manassés veio com a primogenitura.
Percebe-se que para que ocorra o EFRAIM (“Deus me fez próspero na terra da minha aflição”) é necessário que o Manassés (“Deus me fez esquecer todos os meus sofrimentos e toda a família do meu pai.”) venha sobre as nossas vidas.

Irmão, não importa o que você fez ou o que você sofreu no passado:
Se você mentiu ou ludibriou – Deus tem um MANASSÉS para sua vida;
Se você matou ou roubou – Deus tem um MANASSÉS para sua vida;
Se você adulterou – Deus tem um MANASSÉS para sua vida;
Se você foi humilhado, traído, caluniado ou abusado – Deus tem um MANASSÉS para sua vida;
Se os seus pais o rejeitaram ou o abandonaram – Deus tem um MANASSÉS para sua vida;
Não importa o que tenha acontecido em seu passado: as dores, as perdas etc. você deve entregar tudo para JESUS e a unção de MANASSÉS virá sobre sua vida, assim como veio sobre José.
Depois desta total entrega você estará pronto para receber o EFRAIM de DEUS.















3 de jan de 2009

Descobrindo o propósito da minha vida

Muitas vezes nos sentimos perdidos, sem saber o que fazer em determinadas situações, sem saber o que realmente queremos da vida. Por várias vezes nos esquecemos quem somos e para quê fomos criados.
Confesso, esta era exatamente a forma que estava me sentindo, mas Deus com o Seu grande amor e misericórdia ministrou em meu coração uma palavra linda, a qual me trouxe muito conforto, alegria e paz.
Comecei a ler um livro e logo no primeiro capitulo Deus começou a Sua obra em minha vida.
Deus me fez enxergar que nada existe por si só, que todas as Suas criações tem sim um propósito. Ele me mostrou em Sua palavra um versículo muito conhecido e falado, mas que muitas vezes não entendemos a sua profundidade. E assim, o Meu Criador foi abrindo meus olhos para o propósito para o qual fui criada.
"Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele." (Colossenses 1:16).
"O propósito de nossas vidas é muito maior que nossa realização pessoal. Se quisermos saber por que fomos colocados neste mundo,devemos começar por DEUS. Nascemos para cumprir o propósito dele.
Normalmente começamos a procura pelo propósito de nossas vidas pelo lado errado - nós mesmos. Fazemos perguntas voltadas para nossa pessoa, como: Quais são meus objetivos, minhas ambições e meus sonhos para o futuro? O que eu quero ser?. Mas concentrarmo-nos em nós mesmos não desvendará o propósito de nossas vidas. A bíblia diz: Na sua mão está a alma de tudo quanto vive, e o espírito de toda a carne humana. (Jó 12:10).
Não iremos descobrir o propósito de nossas vidas olhando dentro de nós mesmos, não criamos a nós mesmos.
Pense em uma invenção desconhecida, você não terá como saber sua serventia nem a própria invenção terá capacidade de lhe dizer. Somente o criador ou o manual do fabricante poderá mostrar sua utilidade.
Só existimos porque DEUS deseja. Fomos feitos por DEUS e para DEUS -e, enquanto não compreendermos isso, a vida jamais terá sentido. É somente em DEUS que descobriremos nossa origem, identidade, nossa importância e destino. Viver é deixar DEUS nos usar para SEUS propósitos, e não nós usarmos a DEUS para o que desejamos. O modo mais fácil de descobrirmos o propósito de nossas vidas é perguntando ao nossa inventor - DEUS.
Descobrimos nossa identidade e propósito através de um relacionamento com JESUS CRISTO.
Deus já pensava ao nosso respeito muito antes de pensarmos ao respeito dele.
Enfim, temos que nos lembrar diariamente que nossa vida é na verdade viver para DEUS, e não para nós mesmos.