2 de jan de 2010

Oferecendo o meu MELHOR

Faz algum tempo que Deus começou a me incomodar sobre algumas atitudes minhas diante de Suas coisas... Quanto estava sendo displicente em relação a tudo que dizia respeito ao Reino do Senhor. Diante disso, resolvi compartilhar para que sirva de incentivo, a oferecermos o nosso melhor àquele que já nos deu o Seu melhor – JESUS.

Tudo começou quando recebi uma apostila a qual fui instruída que deveria ler um capítulo por mês. Mas quando peguei tal apostila coloquei-a num cantinho em meu quarto. Sempre a via lá... Até que dei uma foliada, mas ler mesmo nada.
Um dia, me sentindo ociosa, entrei em meu quarto e comecei a procurar algo para preencher o meu tempo. De repente meu olhar fixou-se na “bendita” apostila,
e imediatamente, veio-me a seguinte pergunta:
- Porque você não começa a lê-la? Hiiiii..........na hora me deu uma preguiça!! Mas senti que Deus estava me chamando e resolvi obedecer.
Logo no início da leitura, Ele me interrompeu e perguntou-me:
“— Você está me honrando?”

Respondi: “- Sim, estou! Creio que foi o Senhor que me conduziu a começar esta leitura.”
“- Não falo apenas disso, mas pergunto se você me honra em todas as coisas que você faz?”
Não tive resposta... Por alguns longos minutos ficamos os dois calados...Ele esperando (a) minha resposta e, eu sem saber o que dizer.
Até que repentinamente, Ele mesmo respondeu por mim. “-Não, você não tem me honrado! —Você não tem me dado o seu melhor!

Bom, esta história não termina aqui. Mas o que realmente quero enfatizar é o que Deus tem me ensinado a partir dela. Sabe, percebi que por muito tempo da minha vida andei fazendo coisas mais ou menos. E não falo apenas em relação ao reino, mas também de minha vida secular. Opsss!!! ... Isso foi uma das primeiras coisas que Deus teve que me ensinar – não existem duas vidas. Não temos uma vida secular e outra espiritual.
Entendi que TUDO é para louvor, honra e glória D’Ele. Meus estudos, projetos, meu anoitecer e amanhecer, minha casa... Enfim, tudo que penso ser meu, na verdade foi feito por Ele e para Ele. (Cl 1:16-17)
Não sou dessas pessoas que ao chegar o fim do ano começa a pensar na vida, nos erros cometidos, e a fazer promessas para o próximo ano. Traçar metas, fazer projetos de vida são importantes, mas não trazem nenhuma mudança se não nos posicionarmos em Cristo. Penso que não devemos repensar nossas atitudes somente em datas que nos motivam a isso, mas devemos nos perguntar todos os dias: - “Estou honrando a Deus?” ou “Este é o melhor que posso fazer?”.

Deus deixou muito claro em Sua Palavra que tudo o que formos fazer, façamos como se fosse para Ele. O Senhor não nomeou algumas coisas, simplesmente disse: TUDO. Então...quando vou trabalhar, estudar, por exemplo, devo fazer o melhor, devo me doar, empenhar, ficar alegre e ter um coração grato...porque é para Deus que faço e não para homens.
Entendi então, o porquê Ele me disse que eu não O estava honrando. Sabe, não dei a mínima para aquela apostila, era somente algo a mais para ler. Faria isso um dia... quem sabe???
Não compreendia que isso era uma desonra ao Senhor e não somente a Ele como também aos irmãos que ofertaram seu tempo e dinheiro na preparação dela. Há muito Deus tem nos chamando viver o Seu novo, mas não viveremos a plenitude deste novo tempo enquanto não deixarmos de ser mornos. Sim... MORNO... Esta é a palavra... Ser e fazer coisas mais ou menos, nada mais é do que ser morno e sabemos que este Ele irá vomitar.
Pode ser que alguém diga que estou sendo exagerada, que as coisas não são bem assim. Então paremos para pensar um pouco: A Bíblia diz que devemos ser imitadores de Cristo, não é verdade??!!
E o que Ele fez?? Tão somente ofereceu o Seu melhor por uma multidão de pecadores – Sua vida.
E nós??
Será que o que temos oferecido é o nosso melhor tempo, nossa melhor adoração?? Será que temos nos empenhado para verdadeiramente obedecer aos Seus mandamentos??
Será que Ele é o nosso Maior AMOR??? ...Ou será que temos dado só migalhas para o nosso Rei?
Não quero ser legalista e estas perguntas são feitas primeiramente a mim mesma. Quero apenas me motivar e também a todos que lerem este post a voltar, voltar a prioriza – LO e honra– LO com o melhor que pudermos.

Penso que Aquele nos deu TUDO, também merece o nosso Tudo.